Peça do Mês – Fevereiro 2018

Peça do Mês – Janeiro 2018
2 Janeiro, 2018

Maria Luísa, Carlos e João Pedro numa festa de Carnaval
Fotografia
Carlos Relvas
Finais do Século XIX
25.5 cm x 17.5 cm
CP – MA
Inv. Nº 85.119

Em Fevereiro, partilhamos uma fotografia dos filhos do Sr. José Relvas, uma fotografia que retrata um momento íntimo, fraternal e festivo da família.
A 5 de Fevereiro de 1882, José Relvas contraiu matrimónio com Eugénia Antónia de Loureiro da Silva Mendes, deste casamento nasceram os três filhos que estão retratados nesta fotografia: Maria Luísa, Carlos e João Pedro Relvas. Todos os filhos do Sr. José Relvas nasceram na Golegã, mas vieram viver para Alpiarça no final do Século XIX. Infelizmente, nenhum deles sobreviveu aos pais.
Maria Luísa Loureiro Relvas nasceu a 31 de Outubro de 1883. Tal como o pai, tocava violino. Faleceu em Lisboa, onde se encontrava a estudar, vítima de febre tifóide a 28 de Junho de 1896.
Carlos Loureiro Relvas nasceu a 13 de Dezembro de 1884 e beneficiou, tal com o pai, de uma educação excepcional. Em 1902, Carlos parte para Leipzig, na Alemanha, para frequentar o Curso Superior de Piano. A partir de 1911, começa a ajudar o pai na gestão da Quinta dos Patudos. Carlos Relvas suicida-se aos 35 anos, a 14 de Dezembro de 1919.
João Pedro Loureiro Relvas nasceu a 18 de Novembro de 1887, mas faleceu, também vítima de febre tifóide, a 24 de Agosto de 1899, em Lisboa onde se encontrava, com o irmão, a estudar.
A fotografia que divulgamos este mês encontra-se na Biblioteca da Casa dos Patudos, por cima da secretária de José Relvas, numa moldura em vidro. Esta fotografia foi tirada pelo avô das crianças, Carlos Relvas, um dos pioneiros da fotografia em Portugal. Nela podemos ver as crianças usando trajes carnavalescos.